Terça, 19 de março de 2019
Logo

Acesso ao Painel

cadastre-se | esqueci minha senha

Conheça o tratamento para Osteoporose em dose anual
  • Leitura
    A A
  • Imprimir
  • Indique nosso site

Vantagem do cálcio para mulheres antes da menopausa

O cálcio deve ser benéfico nestas mulheres, principalmente na perimenopausa, na tentativa de aumentar a massa óssea antes do inicio da perda rápida, que ocorre nos primeiros anos da menopausa. O aumento da ingesta de cálcio após os 30 anos, acredita-se, deve prevenir o declínio gradual da massa óssea que começa a ocorrer após ser atingido o pico de massa óssea. Nas fases iniciais da menopausa, a terapia de reposição hormonal com estrogênio quando comparada somente com a de cálcio, resulta realmente em aumento superior da densidade óssea. A associação entre as duas opções é de uso corriqueiro e para mulheres com contra-indicação à terapia de reposição hormonal, a administração de cálcio sempre está indicada.

O mais eficaz e benéfico uso do cálcio ocorre com sua suplementação durante a infância. Um dos melhores indicadores da massa óssea é o pico de massa óssea que é atingido antes dos quarenta anos, sendo este influenciado pela predisposição hereditária, que não é um fator modificável e, também, pelo exercício e pela ingesta de cálcio. Não está ainda muito claro se suplementos de cálcio devem ser administrados como rotina às crianças; o que se recomenda, e que é o ideal, é que sua ingesta seja feita a partir de uma alimentação saudável e balanceada.

Muitas vezes é difícil obter apenas da alimentação a quantidade de cálcio necessária (veja tabela abaixo), principalmente quando estas pessoas estão orientadas a fazer dieta com baixo teor de gordura saturadas e de colesterol, já que nossa fonte principal de cálcio está nos laticínios. O leite desnatado e o iogurte são ótimas fontes de cálcio com baixo teor de gordura e de colesterol.

Para aquelas mulheres incapazes de obter cálcio adequado a partir da dieta os suplementos de cálcio são úteis. Existem várias apresentações de cálcio sob a forma de suplementos, porém, com grande variação de preço e na sua absorção intestinal.

Todas as preparações de cálcio utilizadas pelos pacientes devem ser cuidadosamente analisadas e prescritas pelo seu médico especialista, para que este determine a quantidade de cálcio elementar (sem o sal que acompanha o cálcio no produto) a ser ingerida e, em que horário este será mais conveniente.

Dr. Ivan César O. Correia de Sousa (Endocrinologista)
Especialista em Terapia Intensiva
Nutrição Parenteral e Enteral